fbpx

Blog

No nosso blog, você vai encontrar artigos, análises, e vídeos sobre educação financeira

Mostrando itens por marcador: Investimento

No artigo anterior escrevemos sobre a importância do mercado de capitais para as empresas. 

Ontem, dia 30 de setembro de 2020, a empresa Natura anunciou que fará uma oferta pública de ações com o objetivo de captar R$ 6,2 bilhões com a emissão de 121,4 milhões de novas ações, vamos aproveitar essa notícia para explicarmos alguns conceitos importante sobre o mercado de ações.

Mercado Primário

Emissões de novas ações que resultam em aumento de caixa para a empresa são feitas no mercado primário.

Mercado Secundário

As negociações entre investidores são feitas no mercado secundário. O mercado secundário é essencial para trazer liquidez aos investidores, que podem comprar e vender as ações.

Vamos falar de mais um ponto importante.

Após o anúncio da Natura, as ações da empresa começaram a cair, conforme podemos ver no gráfico abaixo.

Alguns fatores explicam a queda no valor das ações quando as empresas anunciam novas emissões de ações: 

  1. Os investidores se questionam porque a empresa precisa emitir novas ações para financiar seus investimentos; qual o projeto que será financiado com o capital e qual o retorno esperado por esse investimento

  2. O fato de ter mais ações no mercado, dilui a participação dos acionistas atuais, caso eles não adquiram novas ações;

  3. Essa diluição na paticipação, mantendo o valor total de dividendos igual, significa menos dividendo por ação 

Quando a empresa capta dinheiro ela tem a expectativa de investir em projetos de longo prazo que aumentem o seu lucro e a sua rentabilidade, por isso, as empresas divulgam qual o objetivo desta captação, cabendo aos investidores e ao mercado avaliarem esse contexto, por isso, que estamos falando de uma primeira reação que anúncios de novas emissões costumam gerar no preço das ações. 

Outro assunto importante que traremos na próxima publicação é sobre tag along que é uma forma de proteger os investidores minoritários em situações como essa.  

 

Publicado em Blog

O Initial Public Offering (IPO) é o termo utilizado para descrever o processo de abertura de capital de uma empresa.

Através da abertura de capital, a empresa pode negociar títulos mobiliários publicamente; esses títulos podem ser de dívida ou patrimonial.

Títulos de Dívida: ao adquirir um título de dívida, como uma debênture, o investidor terá o capital aportado devolvido com o acréscimo de juros em uma data futura;

Títulos Patrimoniais: ao adquirir um título patrimonial, como as ações, o investidor passa a ser um acionista da empresa e receberá dividendos. O ganho de capital acontece quando o investidor vende as suas ações a um preço superior ao preço de compra.

A empresa de capital aberto acessa mais investidores e de forma direta - sem as instituições financeiras como intermediárias na operação de crédito.

Quando a venda de títulos é feito da empresa para os investidores é chamada de oferta primária (mercado primário) e quando as negociações dos títulos são feitas entre investidores é chamada de oferta secundária (mercado secundário). 

No mercado primário é quando empresa realmente capta recursos financeiros dos investidores, mas é no mercado secundário que esses investidores conseguem negociar os seus títulos. 

Um mercado secundário desenvolvido é importante para garantir a liquidez dos títulos.

Até Setembro de 2020, foram 18 IPOs.

Publicado em Blog

Nossa sócia, Alina Hassem, defendeu na manhã de ontem (21/01) sua dissertação de mestrado intitulada "Crowdfunding de investimento para viabilização de novos negócios no Brasil" dentro do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade da UFSCar.

A pesquisa resultou em importante contribuição aos conhecimentos e técnicas de captação de recursos via crowdfunding.

Veja mais: https://www.diariodareitoria.ufscar.br/?p=8570

Publicado em Blog